Sobre o projeto

Projeto 12×12 – 2014

feminino & masculino – forças e formas, antagônicas ou complementares?

Acreditamos que o grande desafio seja exatamente reconhecer essas energias dentro de nós. Nem melhor, nem pior – diferentes.
Equilibrá-las para “ser quem viemos para ser” e, mais que isso, deixar o outro “ser quem ele é”. Isso é humanidade e extrapola o amor entre homens e mulheres, pessoas do mesmo sexo, pais e filhos, homens e natureza.
Nosso tema é esta união que acontece quando um ser humano inteiro encontra outro, é a força destes encontros que queremos celebrar aqui. Sem a intenção de julgar caráter e estilo de vida. Para nós a força da paixão tem a ver com a força pessoal, por isso escolhemos casais que mudaram suas épocas e tiveram a coragem de viver intensamente. Eles amaram: arte, ciência, ideais, liberdade…
Através de suas histórias, fragmentos de amor, emoção e vida nos alcançam e inspiram. Tudo em torno se transforma.
Este é um convite para, durante 2014, conhecer mais sobre estas 12 histórias e revivê-las a seu modo, acreditando que o amor é possível.

Ana Camargo.

Projeto 12×12 – 2013

“Uma ideia, dois semestres e 365 frases. A agenda 12×12 é para quem quer anotar suas tarefas diárias com bom gosto e criatividade. Como inspiração, cada mês propõe um novo jeito de escrever, em layouts diferentes, e traz um ícone feminino da história brasileira. Além disso, 12 mulheres foram convidadas para compartilhar um pouco de suas experiências, vivências e valores. “O objetivo é abrir a mente usando frases descontraídas, reflexivas e poéticas”, explica Ana Camargo, idealizadora do projeto. Parte da renda obtida será destinada ao Hospital Pequeno Príncipe.”

Fonte: Revista Top View

“Uma cena do filme ‘‘O saber que a gente sabe’’ ficou na minha cabeça: uma velha mulher sábia, que morava na floresta amazônica falava sobre as ervas que curam. A repórter perguntou se ela sabia que ao entregá-las aos pesquisadores, provavelmente os grandes laboratórios registrariam as patentes dos remédios. A mulher não se importou com isto, apenas repetia: “Este saber a gente sabe…”. Como se já nascesse sabendo, aprendeu com a avó, com a vida, com a mata. Curava há tantos anos, tudo fazia parte de sua vida. A repórter insistiu: “Mas a senhora vai entregar todo este conhecimento? Sabe que eles vão ganhar muito dinheiro?” A casa simples, vigas de madeira segurando o telhado, olhou para os maços de plantas penduradas secando e disse: “Eles levam a erva, mas num levam a reza”. E dá de ombros.

Esta sintonia com a nossa natureza, este saber que a gente sabe, cada qual à sua maneira, é o que queremos compartilhar com você.

Doze mulheres são homenageadas. Por abrirem caminhos com coragem e talento, marcaram o Brasil. Elas ilustram esta agenda.

Doze mulheres convidadas partilham esse saber feminino que permeia os tempos.
Cada uma de nós tem seu saber. Concorde, discorde, diga o que pensa. Neste ano compartilhe os seus dias conosco.”

Ana Camargo

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s