Projeto 2015

Projeto 12×12 em 2015
Cinema – um olhar com arte

O Projeto 12 x 12 entra no terceiro ano celebrando o cinema no mundo.

O cinema é conhecido como a sétima arte porque é a forma de arte mais intertextual que existe, pois reúne elementos das outras seis: a imagem vem da pintura e da fotografia; os cenários da escultura; a trilha sonora da música; a encenação do teatro e o roteiro da literatura. Comemoraremos em 28 de dezembro de 2015 os 120 anos da sétima arte, mas, na verdade, tudo começou na pré-história com os desenhos que os primitivos faziam nas paredes das cavernas para narrar suas aventuras.

Os primórdios
Se analisado basicamente pelo lado técnico, percebe-se que o cinema surgiu da união de três pesquisas científicas: a fotografia, a projeção de imagens e a persistência da visão. Os dois primeiros eram conceitos relativamente antigos. A fotografia como espelho ou representação da realidade sempre pôde ser apreciada através da pintura. Foi a partir de 1803 que se tentou desenvolver mecanicamente a fixação de imagens, algo que só foi possível em 1839 com a descoberta do sulfato de prata.

O mundo das imagens se abre
A projeção de imagens nos remete ao Oriente e suas lanternas mágicas, outro processo já conhecido. A grande novidade foi uma deficiência que todos nós possuímos e que foi descoberta pelos cientistas: o olho humano possui uma falha que possibilita a retenção de uma imagem por alguns segundos. Isso ocorre em 1826 e 13 anos depois, com a invenção oficial da fotografia, o caminho estava aberto.

A mente de diversos cientistas e inventores ficou bastante aguçada pela possibilidade de colocar imagens em movimento. O tempo passou, e na Feira Internacional de Chicago de 1893, o americano Thomas Alva Edison, inventor da lâmpada elétrica e do gramofone, desenvolveu o kinescópio (uma caixa com um buraco por onde era possível ver imagens ampliadas por uma lupa). Do outro lado do Atlântico, na França, os irmãos Auguste e Louis Lumière apresentaram o cinematógrafo, aparelho que funcionava como câmara e projetor, utilizando o princípio da fotografia e da película sensível.

A primeira exibição oficial
Os americanos creditaram a Thomas Edison a invenção do cinema, mas o mérito pertence mesmo aos franceses, que realizaram no dia 28 de dezembro de 1895, no subsolo do Grand Café de Paris, a primeira sessão pública cinematográfica. O impacto daquela modesta exibição foi bombástico e a novidade se espalhou pelo planeta feito uma epidemia.

Um ano depois…
No Brasil, o cinematógrafo foi apresentado aos cariocas em junho de 1896, seis meses depois da estreia mundial. Também naquele ano o cinema assumiu sua maior qualidade: a mentira. Méliès começou a fazer filmes com truques de mágica. Os irmãos Lumière viam tudo apenas como uma curiosidade científica e decretaram ser o cinema “uma invenção sem futuro”.

Projeto 12×12 em 2015
Cinema – um olhar com arte

Realização
Ana Camargo Design

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s